Opinião sobre a minha primeira vez

Bem, a minha primeira foi com uma GP (garota de programa). Sim, já antevejo a sua expressão de asco. Porém não fui com essas prostitutas de esquina, mas sim com uma GP de luxo. Não que isso faça muita diferença, mas ao menos salva um pouco da minha honra, não é mesmo? Mas, como foi a minha experiência então? É o que relato a seguir.

Transar com GPs é algo estranho. A única coisa que elas querem é fazer você gozar logo para que elas ganhem o dinheiro mais fácil. Ou seja, você está lá transando, tentando ter algum prazer e a puta gemendo: “Goza amor, vai, goza!” Como se pra ela o homem só se importasse com o ato de gozar. E não. O homem quer ter prazer antes de gozar. Isso foi o que eu estranhei um pouco. Mas algo engraçado acontece depois que você goza: A puta vira sua amiga. Parece que ela se sente como se tivesse cumprido bem o dever dela. E ai o papo-furado começa. Ou seja, paga-se 300 reais (em média) por uma 1 hora, mas goza-se em 5 ou 10 minutos. E daí o restante do tempo o cara passa só conversando. Realmente não vale a pena. No entanto como foi a minha vez valeu a pena pagar esse valor. Só por isso. Agora com mais experiência eu não voltaria a contratar uma GP. Porque no fundo o meu objetivo era apenas saciar a minha curiosidade sobre o sexo.

Esse post ficou bem curto, mas é porque o assunto em si me parece sempre um pouco cru e estéril.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s